Fóruns
TiroDinamico.com.br
 Bem Vindo Anônimo ( Log In | Cadastre-se ) Home   Imagens   Links   Calendário   Usuários
Portal   Resultados   Procurar   Ajuda
  Visite o site da Lyon Bullets Conheça o Snap. Colocar notas nas suas fotos agora é com o Snap!
Páginas: (3) < 1 2 [3] > ( Ir para a primeira mensagem não-lida ) Enviar uma resposta ao tópicoCrie um novo TópicoNova Pesquisa
Taurus .38 Mod 82s, Informativo
« Tópico Anterior | Próximo Tópico » Monitorar este Tópico | Enviar tópico por email | Imprimir Tópico
Pinheiro .38 82S
Pinheiro
Pinheiro .38 82S está offline
Enviado: 6 de novembro de 2009, 15:48 Responder citando esta mensagem


Grupo: Espectadores
Cadastrado: 27/Abr/09



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
CITACAO (Luis Cesar em 5 de novembro de 2009, 15:51)
Pinheiro,

Foi voce quem fez este coldre???

Caso afirmativo e caso queira participar de competições de tiro Esportivo com ele, sugiro que refaça a parte da frente e cubra o guarda mato, que é a única regra para coldres no IPSC. que os mesmo cubram o guarda mato, neste seu modelo o gatilho esta totalmente a mostra imnpossibilitando o seu uso no IPSC.

Outra coisa, coldres que possuam esta "fita" que o prende a arma, deve ser utilizada na hora da pista, ou seja no comando de carregar e ficar pronto ao colocar a arma no coldre esta fita tem que estar presa, afivelada, senão o RO nao vai dar o sinal de partida.

Abs,

Olá amigos,

Sim foi eu que fiz este coldre e quando mostrei para o pessoal do clube que atiro eles me orientaram a fazer estas mudanças.

Já retirei esta cinta e tambem fiz outra peça que cobre o guarda-mato, tambem foi colocado um parafuso de 30mm que entra dentro do cano para a arma não cair, agora ficou bom e a proxima competição vou competir com ele.

Obrigado!!!
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem  Top
Peter Paul Mauser
Peter Paul Mauser
Peter Paul Mauser está offline
Enviado: 6 de novembro de 2009, 17:37 Responder citando esta mensagem


Grupo: TiroPédia - Enciclopédia do Tiro
Cadastrado: 23/Abr/09



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
Caro colega atirador Pinheiro,
Cordiais saudações.
Parabéns pela 'criação'. Muita criatividade e habilidade.
Quanto a esse parafuso que você vai colocar na base para o encaixe do cano, lembre-se de revestí-lo com algum material macio (borracha, plástico, silicone, resina ...), senão vai danificar a coroa do cano.
Boa sorte.
Fraterno abraço.
PPM.

______________________
Peter Paul Mauser
CR 749XX/SFPC-2
2ª RM
Filiado MVB 3713
EU APÓIO O PL 3722/12
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem Visitar o site do autor Enviar mensagem pelo MSN  Top
cebola
cebola está offline
Enviado: 11 de novembro de 2009, 03:23 Responder citando esta mensagem


Grupo: Espectadores
Cadastrado: 28/Ago/09



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
CITACAO (luisb em 6 de novembro de 2009, 07:56)
[/CITACAO]Resposta de e-mail recebido da Taurus quando pedi informações sobre uma peça:

Sr. Luis ...

USO DE MUNIÇÃO +P OU +P+ EM REVÓLVERES

Sobre uso de munição. 38 +P+ em revólveres Taurus: esta munição não está prevista pelas normas da  SAAMI (Estados Unidos) e CIP (Europa) e devem ser seguidas as observações abaixo quanto ao seu uso em revólveres Taurus.

 

- Revólveres de 5 tiros: NÃO USAR

- Revólveres de 6 tiros: usar somente nos fabricados a partir de 1988 (identificados com numeração alfa-numérica)

- Revólveres de 7 tiros: pode usar em todos os modelos em aço carbono ou aço inoxidável. Não usar em revólveres com armação de alumínio e/ou tambor de titânio.

- Revólveres de 8 tiros: pode usar em todos os modelos

 

IMPORTANTE: Munições tipo +P+ geram solicitações bem acima daquelas para as quais os revólveres calibre .38 foram destinados. Assim, mesmo para modelos que suportam estas munições, o seu uso contínuo pode reduzir a durabilidade da arma.

 

Sobre uso de munição. 38 +P em revólveres Taurus:

- Revólveres de 5 tiros: usar somente em revólveres fabricados a partir de 1986 (Número de série iniciando por “F” ou posterior). Evitar o seu uso contínuo, ou muito freqüente, em revólveres com armação de alumínio e/ou tambor de titânio.

- Revólveres de 6 tiros: usar somente em revólveres fabricados a partir de Junho/78 (Número de série maior que 1212980 ou com numeração alfa-numérica)

- Revólveres de 7 tiros: pode usar em todos os modelos em aço carbono ou aço inoxidável. Evitar o seu uso contínuo, ou muito freqüente, em revólveres com armação de alumínio e/ou tambor de titânio.

- Revólveres de 8 tiros: pode usar em todos os modelos.

 

Fernanda Bauer Peres

Forjas Taurus S/A

E-mail: vendas@taurus.com.br

Fone: 051 3021-3196

Fax:   051 3021-3199

Espero ter ajudado.
Luis


olá Luis,
Sim ajudou bastante, pra vc ver, qdo liguei me informaram que não havia problema, mas a sua resposta está bem completa.

Apesar da numeração ser K e a fabricação anos 90, percebe-se que o revolver 5T tem o tambor mais fraco; e se não pode atirar com +P+, com a +P vou evitar, e está ai o porque dos pequenos pontos de derretimento.
É coisa minúscula e quase imperceptivel os pequenos pontos, mas já é uma demonstração do que a maior carga pode fazer ao tambor 5Tiros.

Muito obrigado pela reposta Luis!


______________________
CeBoLa 2°RM
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem  Top
avenan
Guest está oline
Enviado: 12 de novembro de 2009, 22:23 Responder citando esta mensagem







Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
CITACAO (Pinheiro .38 82S em 5 de novembro de 2009, 14:46)
+1

Simplesmente, meus parabéns.

Se puder criar uma planta ou esquemático pra gente, vou te achar um cara mais legal ainda...smilewink.gif))
 
Top
fabiorodeiro
Fábio
fabiorodeiro está offline
Enviado: 9 de abril de 2011, 22:15 Responder citando esta mensagem


Grupo: Espectadores
Cadastrado: 20/Mar/11



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
Primeiramente saudações a todos, aproveitando o debate sobre utilização de munições +P+ em revolveres, gostaria de saber se os revolveres Taurus rt889 e rt838 suportam bem essas munições sem que haja danos à longo prazo, apesar de reconhecer que o tópico não trata diretamente disso. No aguardo. Valeu!
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem  Top
Zaratustra Ver Foto do Usuário
Diego Escobar
Zaratustra está offline
Enviado: 10 de abril de 2011, 02:19 Responder citando esta mensagem


Grupo: Competidores
Cadastrado: 2/Set/09



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
Pode usar nos 2 modelos. A vontade, sem problemas, sem riscos. No 889, o chassi e todo o resto, tirando a furação do tambor, é o mesmo do 689, calibre .357MAG. Ou seja, nessa arma, munição +P+ é quase munição de treino.

______________________
"If an injury has to be done to a man it should be so severe that his vengeance need not be feared."

"Men should be either treated generously or destroyed, because they take revenge for slight injuries - for heavy ones they cannot."   Nicolau Maquiavel
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem  Top
Erick Tamberg
Erick Tamberg
Erick Tamberg está offline
Enviado: 12 de abril de 2011, 16:15 Responder citando esta mensagem


Grupo: Espectadores
Cadastrado: 2/Jul/05



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
 Tive um Taurus 82 (sem o "S", ou seja, com a vareta do extrator descoberta), fabricado em 1984 ou 1985 - ainda sem as duas letras antes do número de série.

 Digeria tranquilamente qualquer munição +P ou +P+. Só não é recomendado o uso prolongado desse tipo de munição (digamos, mais de 50 cartuchos por sessão de tiro), senão a arma fica muito quente. Nada que interfira no funcionamento, mas já é o suficiente para queimar a mão na hora de abrir o tambor.

 Quanto às empunhaduras, as Hogue e Pachmayr são mais bonitas e agradáveis ao tato, mas as Combat são mais resistentes a uso contínuo. Conm o tempo, as Hogue - que são mais macias - acabam perdendo a textura. Isso acontece também com as Pachmayr, mas demora mais tempo.

 Certa vez, vi um armeiro instalando zarelhos em revólveres da Taurus para uma empresa de vigilância. Ele perfurava a armação da empunhadura, instalava o zarelho, aquecia o zarelho com um maçarico e fechava  as talas de borracha sobre a armação com o zarelho em brasa, para que derretesse a empunhadura e abrisse seu próprio alojamento. As empunhaduras eram as de borracha originais da Taurus. Quando tentei aplicar o mesmo procedimento em meu 82, com empunhadura Combat, constatei que a borracha não derretia de jeito nenhum!
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem  Top
36 respostas desde 27 de abril de 2009, 13:05 Monitorar este Tópico | Enviar tópico por email | Imprimir Tópico
Páginas: (3) < 1 2 [3] >
Tópico Informações sobre Revólveres
Enviar uma resposta ao tópicoCrie um novo TópicoNova Pesquisa

 

  Visite o site da Lyon Bullets Conheça o Snap. Colocar notas nas suas fotos agora é com o Snap!