Fóruns
TiroDinamico.com.br
 Bem Vindo Anônimo ( Log In | Cadastre-se ) Home   Imagens   Links   Calendário   Usuários
Portal   Resultados   Procurar   Ajuda
  Visite o site da PM Cofres Conheça o Snap. Colocar notas nas suas fotos agora é com o Snap!
  Enviar uma resposta ao tópicoCrie um novo TópicoNova Pesquisa
Usar Munição .38 Em Rt 605 Taurus .357, Dúvida Sobre Tipo De Munição.
« Tópico Anterior | Próximo Tópico » Monitorar este Tópico | Enviar tópico por email | Imprimir Tópico
leonardoapolinario
Leonardo Apolinário
leonardoapolinario está offline
Enviado: 23 de setembro de 2017, 07:24 Responder citando esta mensagem


Grupo: Espectadores
Cadastrado: 27/Jun/17



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
Olá, tudo bom? Estou adquirindo um revólver Taurus, modelo RT 605, calibre .357. Em função das dimensões, essa arma aceita ou "calça" munição calibre .38. Ouvi dizer, que como a munição de .38 é menor, ela danifica o tambor da arma. Alguém sabe me dizer se essa informação procede? Desde já agradeço.
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem  Top
fabioatirador
Fabio Santeli
fabioatirador está offline
Enviado: 23 de setembro de 2017, 10:53 Responder citando esta mensagem


Grupo: Espectadores
Cadastrado: 25/Mai/13



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
Bom dia companheiro , na verdade isso não passa de uma lenda , , esse fato ocorre em canos de metralhadoras , em revolver não ha aquecimento suficiente , tanto que o mesmo poderia ocorrer com o uso da munição original da arma .
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem  Top
leonardoapolinario
Leonardo Apolinário
leonardoapolinario está offline
Enviado: 23 de setembro de 2017, 19:00 Responder citando esta mensagem


Grupo: Espectadores
Cadastrado: 27/Jun/17



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
Obrigado.
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem  Top
Cacius
Cacius Schuh
Cacius está offline
Enviado: 25 de setembro de 2017, 08:29 Responder citando esta mensagem


Grupo: Competidores
Cadastrado: 10/Ago/05



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
CITACAO (fabioatirador em 23 de setembro de 2017, 11:53)
Bom dia companheiro , na verdade isso não passa de uma lenda , , esse fato ocorre em canos de metralhadoras , em revolver não ha aquecimento suficiente , tanto que o mesmo poderia ocorrer com o uso da munição original da arma .

Não há qualquer dano ao tambor em usar munição de .38 SPL em armas com câmara .357 Mag. Mas pode ocorrer um problema, que não tem nada a ver com o que o colega falou, sobre aquecimento (que implica em erosão)

Se você disparar muitos tiros com cápsula curta (no caso, .38 SPL) Pode haver formação de um anel de carbono dentro da câmara (no caso, do tambor) que pode impedir, depois, que a munição .357 mag entrar ali. Nada que não se resolva com uma boa limpeza (ou até se evite, com limpeza habitual).

O que não entendo é usar munição de .38 SPL em .357.... além do problema com a guia de tráfego (você precisa levar uma arma .38 SPL para levar munição .38 SPL, pois apesar de totalmente viável, desconheço arma 357 apostilada como 357 e 38), não há qualquer vantagem em fazer este uso... é totalmente viável replicar carga de .38 em estojo .357 e não esquentar a cabeça com GTE ou anel de carbono

 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem  Top
fperotti Ver Foto do Usuário
MangiaFigui
fperotti está offline
Enviado: 25 de setembro de 2017, 10:29 Responder citando esta mensagem


Grupo: Competidores
Cadastrado: 1/Jun/12



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
CITACAO (Cacius em 25 de setembro de 2017, 09:29)
CITACAO (fabioatirador em 23 de setembro de 2017, 11:53)
Bom dia companheiro , na verdade isso não passa de uma lenda , , esse fato ocorre em canos de metralhadoras , em revolver não ha aquecimento suficiente , tanto que o mesmo poderia ocorrer com o uso da munição original da arma .
Não há qualquer dano ao tambor em usar munição de .38 SPL em armas com câmara .357 Mag. Mas pode ocorrer um problema, que não tem nada a ver com o que o colega falou, sobre aquecimento (que implica em erosão)

Se você disparar muitos tiros com cápsula curta (no caso, .38 SPL) Pode haver formação de um anel de carbono dentro da câmara (no caso, do tambor) que pode impedir, depois, que a munição .357 mag entrar ali. Nada que não se resolva com uma boa limpeza (ou até se evite, com limpeza habitual).

O que não entendo é usar munição de .38 SPL em .357.... além do problema com a guia de tráfego (você precisa levar uma arma .38 SPL para levar munição .38 SPL, pois apesar de totalmente viável, desconheço arma 357 apostilada como 357 e 38), não há qualquer vantagem em fazer este uso... é totalmente viável replicar carga de .38 em estojo .357 e não esquentar a cabeça com GTE ou anel de carbono


Assino embaixo as palavras do colega.

______________________
MangiaFigui
Atirador e Caçador
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem Enviar mensagem pelo MSN  Top
Shotgunner Ver Foto do Usuário
Nice Boys Dont Play Rock n´ Roll
Shotgunner está offline
Enviado: 25 de setembro de 2017, 17:23 Responder citando esta mensagem


Grupo: Espectadores
Cadastrado: 30/Ago/12



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
Conheço instrutor que faz teste com 627 com munição de 38 e olha que é tirooo... Más depois quando vai calçar uma de 357 ela fica as vezes 1 ou 2mm pra fora, devido esse acúmulo de sujeira...
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem Visitar o site do autor  Top
jrbarbosa
jrbarbosa
jrbarbosa está offline
Enviado: 25 de setembro de 2017, 17:28 Responder citando esta mensagem


Grupo: Espectadores
Cadastrado: 12/Set/10



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
Vdd. Da pra otimizar o estojo 357 com carga do 38. Espoletas sao iguais....e porai vai...

______________________
...deleita-te no Senhor; confia Nele e Ele tudo fará.
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem  Top
leonardoapolinario
Leonardo Apolinário
leonardoapolinario está offline
Enviado: 25 de setembro de 2017, 17:28 Responder citando esta mensagem


Grupo: Espectadores
Cadastrado: 27/Jun/17



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
CITACAO (Cacius em 25 de setembro de 2017, 09:29)
CITACAO (fabioatirador em 23 de setembro de 2017, 11:53)
Bom dia companheiro , na verdade isso não passa de uma lenda , , esse fato ocorre em canos de metralhadoras , em revolver não ha aquecimento suficiente , tanto que o mesmo poderia ocorrer com o uso da munição original da arma .
Não há qualquer dano ao tambor em usar munição de .38 SPL em armas com câmara .357 Mag. Mas pode ocorrer um problema, que não tem nada a ver com o que o colega falou, sobre aquecimento (que implica em erosão)

Se você disparar muitos tiros com cápsula curta (no caso, .38 SPL) Pode haver formação de um anel de carbono dentro da câmara (no caso, do tambor) que pode impedir, depois, que a munição .357 mag entrar ali. Nada que não se resolva com uma boa limpeza (ou até se evite, com limpeza habitual).

O que não entendo é usar munição de .38 SPL em .357.... além do problema com a guia de tráfego (você precisa levar uma arma .38 SPL para levar munição .38 SPL, pois apesar de totalmente viável, desconheço arma 357 apostilada como 357 e 38), não há qualquer vantagem em fazer este uso... é totalmente viável replicar carga de .38 em estojo .357 e não esquentar a cabeça com GTE ou anel de carbono


Na verdade, a ideia é: vez ou outra, treinar com munição de calibre .38. Como sou policial, tenho porte de arma, não preciso da guia de tráfego. Mas ouvi esse boato, inclusive da boca de um funcionário da Taurus. Como não sou especialista em revólver, eu resolvi perguntar aqui. Agradeço os comentários. Caso eu use a munição de .38, vou ter um cuidado maior na hora de fazer a limpeza.
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem  Top
MarcioTK
MARCIO
MarcioTK está offline
Enviado: 21 de outubro de 2017, 18:36 Responder citando esta mensagem


Grupo: Espectadores
Cadastrado: 18/Set/16



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
Estou aguardando um 627 e também tinha essa dúvida. Quanto ao anel de carbono, uma boa limpeza após os treinos não resolveria isso ou é mais uma especie de reação química do que uma concentração de sujeira na ponta do estojo?
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem  Top
mairesse Ver Foto do Usuário
mairesse
mairesse está offline
Enviado: 23 de outubro de 2017, 19:18 Responder citando esta mensagem


Grupo: Competidores
Cadastrado: 23/Jul/11



Clique Aqui Para Ignorar Todas as Mensagens Deste Usuário
CITACAO (leonardoapolinario em 25 de setembro de 2017, 18:28)
CITACAO (Cacius em 25 de setembro de 2017, 09:29)
CITACAO (fabioatirador em 23 de setembro de 2017, 11:53)
Bom dia companheiro , na verdade isso não passa de uma lenda , , esse fato ocorre em canos de metralhadoras , em revolver não ha aquecimento suficiente , tanto que o mesmo poderia ocorrer com o uso da munição original da arma .

Não há qualquer dano ao tambor em usar munição de .38 SPL em armas com câmara .357 Mag. Mas pode ocorrer um problema, que não tem nada a ver com o que o colega falou, sobre aquecimento (que implica em erosão)


Se você disparar muitos tiros com cápsula curta (no caso, .38 SPL) Pode haver formação de um anel de carbono dentro da câmara (no caso, do tambor) que pode impedir, depois, que a munição .357 mag entrar ali. Nada que não se resolva com uma boa limpeza (ou até se evite, com limpeza habitual).


O que não entendo é usar munição de .38 SPL em .357.... além do problema com a guia de tráfego (você precisa levar uma arma .38 SPL para levar munição .38 SPL, pois apesar de totalmente viável, desconheço arma 357 apostilada como 357 e 38), não há qualquer vantagem em fazer este uso... é totalmente viável replicar carga de .38 em estojo .357 e não esquentar a cabeça com GTE ou anel de carbono

Na verdade, a ideia é: vez ou outra, treinar com munição de calibre .38. Como sou policial, tenho porte de arma, não preciso da guia de tráfego. Mas ouvi esse boato, inclusive da boca de um funcionário da Taurus. Como não sou especialista em revólver, eu resolvi perguntar aqui. Agradeço os comentários. Caso eu use a munição de .38, vou ter um cuidado maior na hora de fazer a limpeza.

Um pitaco: o Gustavo Lousan ( escovas Lousan) fabrica escovas excelentes, Inclusive para a câmara de 38/357 junto com um bom solvente você resolve o problema do anel de carbono. Como o Cacius falou, a erosão seria se vc atirasse MUITO com sua arma e apenas em 38 spl.

______________________
 FGTP  1915- CR 3ªRM -MVB 3201 e 3281
    USAPOC ( DTC MISSÕES)
.....................................................
      Como diria Sepé Tiaraju:
        "Co yvi oguereco yara!"
 
Enviar uma Mensagem Pessoal ao autor Enviar email ao autor desta mensagem  Top
9 respostas desde 23 de setembro de 2017, 07:24 Monitorar este Tópico | Enviar tópico por email | Imprimir Tópico

Tópico Informações sobre Revólveres
Enviar uma resposta ao tópicoCrie um novo TópicoNova Pesquisa

 

  Visite o site da PM Cofres Conheça o Snap. Colocar notas nas suas fotos agora é com o Snap!